Matemática financeira para o dia a dia

Módulo 2 – Juros compostos

Você sabe qual é a diferença entre os Juros Simples e os Juros Compostos?

  • A principal diferença entre os dois é a base de cálculo da taxa. Calma que é fácil! Vamos entender como funciona?

  • Nos juros simples a taxa é cobrada sobre o valor inicial, como exemplificamos no módulo anterior.
  • Já nos juros compostos, a taxa é cobrada sobre o valor do último mês, o que faz com que o valor cresça mais rápido.
  • É o que nós chamamos de “juros sobre juros”, como já mencionamos em outros cursos.

Esse é o João!

O João tomou um empréstimo de R$20.000,00 a uma taxa de 1% para quitar uma dívida que ele fez.

No caso dos juros simples, o valor inicial de R$ 20.000,00 sofreu um acréscimo de R$ 200,00 (que é 1% de R$ 20.000,00) a cada mês.

Em 12 meses, então, o valor total para o João será de R$ 22.400,00. 

Já no caso dos juros compostos, o valor aumenta em R$200 no primeiro mês (que é o 1% de R$20.000,00), R$202 no segundo mês (que é o 1% de R$20.200,00), aumenta R$204,02 no terceiro mês (que é o 1% de R$20.402,00) e assim sucessivamente.

Em 12 meses, então, o valor total será de R$ 22.536,50. 

Curtiu?! Responde aqui e já vai para o Módulo 3 – Valor presente